0

Mulheres são reconhecidas por sua Liderança e Serviços Humanitários

_AMA3608

Seis mulheres recebem o Reconhecimento Global Mulheres de Ação do Rotary na sede da ONU em Nova York, EUA, no dia 7 de novembro. Elas são (da esquerda para a direita): Lucy Hobgood-Brown, Dra. Hashrat Begum, Stella Dongo, Kerstin Jeska-Thorwat, Dra. Deborah Walters e Razia Jan.

As seis vencedoras do Reconhecimento Global Mulheres de Ação do Rotary de 2015 foram reconhecidas durante o Dia do Rotary na ONU que aconteceu no dia 7 de novembro, em Nova York, EUA. Elas foram homenageadas por sua dedicação e serviços para melhorar as condições de vida de milhares de pessoas do mundo todo.

“As mulheres que estamos homenageando hoje são líderes em nossa organização. Elas estão nos desafiando a fazer, ser e conseguir mais”, disse o presidente do RI, K.R. Ravindran.

Lakshmi Puri, secretária-geral assistente das Nações Unidas e diretora-executiva adjunta da ONU Mulheres, parabenizou o Rotary por reconhecer o papel crucial que as mulheres desempenham.

As seis homenageadas foram selecionadas por líderes rotários seniores e funcionários dentre mais de 100 candidatas do mundo.

Dra. Hashrat Begum

Do Rotary Club de Dhaka North West, Bangladesh – Implementou diversos projetos de grande escala para fornecer cuidados de saúde para pessoas pobres e comunidades carentes.

Stella Dongo

Do Rotary Club de Highlands, Zimbábue – Líder do projeto Community Empowerment na cidade de Harare. A ação fornece treinamento básico em negócios e informática para mais de 6.000 mulheres e jovens com HIV/aids.

Lucy Hobgood-Brown

Do Rotary E-Club de Greater Sydney, Austrália – Cofundadora da HandUp Congo, uma organização sem fins lucrativos que promove e facilita iniciativas empresariais, educacionais, sociais e de saúde sustentáveis em comunidades carentes da República Democrática do Congo.

Razia Jan

Do Rotary Club de Duxbury, EUA – Lutou pelos direitos educacionais de meninas do Afeganistão durante décadas. Nascida no país, ela é fundadora e diretora do Centro Educacional Zabuli, uma escola que oferece ensino gratuito a mais de 480 meninas de Deh’Subz. Em 2012, Razia recebeu o prêmio CNN Hero.

Kerstin Jeska-Thorwart

Do Rotary Club de Nürnberg-Sigena, Alemanha – Fundou o projeto Babyhospital Galle após sobreviver ao tsunami no Sri Lanka em 2004. Com o orçamento de US$1,8 milhão e o apoio de 200 Rotary Clubs, o projeto reconstruiu e equipou o hospital-escola Mahamodara, em Galle, Sri Lanka. O hospital já atendeu mais de 150.000 crianças e mais de 2,2 milhões de mulheres.

Dra. Deborah Walters

Do Rotary Club de Unity, EUA – Neurocientista que serviu como diretora da Camino Seguro, uma organização sem fins lucrativos que oferece serviços educacionais e sociais a famílias que vivem no lixão da Cidade da Guatemala.

Cada uma delas teve a oportunidade de falar aos participantes e liderar discussões sobre temas relacionados ao seu trabalho.

Mais de 1.000 rotarianos, funcionários da ONU, participantes de programas pró-juventude e convidados compareceram ao evento deste ano, que também celebrou os 70 anos da parceria entre o Rotary e as Nações Unidas.

Dentre os oradores convidados estavam Fabia Yazaki, diretora de avaliação e comunicação do departamento de informação pública da ONU; Karin Ryan, assessora sênior de projetos para o programa de direitos humanos do Carter Center; Embaixadora Extraordinária Susan Coppedge Amato, diretora do Escritório de Monitoramento e Combate ao Tráfico de Pessoas do Departamento do Estado dos EUA; Melissa Russell, vice-presidente de parcerias estratégicas da International Justice Mission; Jeffrey Kluger, editor-chefe da revista Time; e Archie Panjabi, atriz e embaixadora do Rotary pela erradicação da pólio.

 

 

Rotary News, 11 Nov 2015
Avatar

Lessandro Bonato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *