0

Projeto Banco Solidário adquire novos equipamentos com venda de reciclados

Promovido pelos Rotary Clubs de Ponta Grossa Campos Gerais e Ponta Grossa Alagados, o projeto Banco Solidário adquiriu dois novos equipamentos. A iniciativa garante o empréstimo cadeiras de rodas, andadores, muletas, cama hospitalar, bengalas, entre outros, a custo simbólico. “O objetivo [do Banco Solidário] é servir nossa comunidade nessas necessidades. Percebemos como tem sido útil para aqueles que nos procuram, precisando tanto de um equipamento desses na sua recuperação”, explica Jandira Gonçalves, idealizadora e coordenadora do projeto.

Exemplo da tabela de preços praticada pelo projeto. Os equipamentos são emprestados por comodato: as pessoas pagam determinado preço e, quando devolvem, recebem restituição. | Arte: Laís Adriana de Almeida; Dados: Projeto Banco Solidário;

Exemplo da tabela de preços praticada pelo projeto. Os equipamentos são emprestados por comodato: as pessoas pagam determinado preço e, quando devolvem, recebem restituição. | Arte: Laís Adriana de Almeida; Dados: Projeto Banco Solidário;

Lançado há quatro anos, o Banco Solidário já atendeu cerca de 160 pessoas. Segundo a coordenadora, a maior parte dos equipamentos é usada por muito tempo e por isso os clubes sempre precisam adquirir novos. Hoje, o projeto conta ao todo com 59 equipamentos.

Lacres arrecadados para venda. | Foto: Arquivo;

Lacres arrecadados para venda. | Foto: Arquivo;

Por meio da arrecadação e venda de lacres e latinhas, os clubes arrecadam o dinheiro para a compra dos novos equipamentos . As novas aquisições para o projeto foram uma cadeira de rodas e uma de banho.  Cerca de 100 quilos de material reciclável foram vendidos, gerando uma verba de 480 reais para a compra das cadeiras.

 

Confira!

Veja fotos do projeto Banco Solidário, promovido pelo clubes de Ponta Grossa Campos Gerais e Ponta Grossa Alagados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Laís Adriana de Almeida

Laís Adriana de Almeida

Estagiária de Comunicação do Distrito 4730; Estudante de Jornalismo da UFPR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *